Câmara de Pindamonhangaba aprova denominação de Avenida, Rotatória e concessão de Título de Cidadão Pindamonhangabense

por Robson Luis Monteiro publicado 13/07/2021 13h45, última modificação 13/07/2021 13h49
Projetos foram aprovados na sessão ordinária do dia 12 de julho; Câmara está em recesso mas atendimento aos munícipes permanece normal
Câmara de Pindamonhangaba aprova denominação de Avenida, Rotatória e concessão de Título de Cidadão Pindamonhangabense

Após a sessão ordinária da segunda-feira, dia 12 de julho, Câmara de Pindamonhangaba estará em recesso oficial de 16 a 31 de julho

Além dos 4 projetos já divulgados anteriormente, os parlamentares de Pindamonhangaba também apreciaram e votaram outros 4 Projetos da Ordem do Dia da 25ª Sessão Ordinária de 2021 realizada na segunda-feira, dia 12 de julho. A reunião aconteceu no Plenário "Dr. Francisco Romano de Oliveira" e foi a última do primeiro semestre, antes do recesso parlamentar.

Rotatória

Na Ordem do Dia, o Projeto de Lei n° 142/2021, do vereador Renato Nogueira Guimarães – Renato Cebola (PV), que “Denomina de MODESTO MORENO RODRIGUES a Rotatória localizada na Avenida Nossa Senhora do Bom Sucesso (SPA 099/060) foi aprovado por unanimidade.

Modesto Moreno Rodrigues

Modesto nasceu em Jarinu-SP, em 11 de junho de 1903. Filho de José Maria Moreno e Biviana Rodrigues Guerreiro, ele cresceu na região e ali começou a trabalhar. Aos seus 29 anos, alistou-se ao Exército Paulista para a histórica Revolução Constitucionalista de 1932; combateu no Rio Grande do Sul, defendendo assim a honra do Estado de São Paulo neste evento memorável. Ao fim do conflito, retornou à São Paulo. Casou-se com Filomena Prestes em 20 de julho de 1935. Modesto mudou-se para Sapucaí-Mirim-MG, onde foi vereador na lª Legislatura (1948-1951) e 2ª Legislatura (1951-1955) daquela cidade. Teve três filhas: Margarida; Maria Angélica e Célia. Mudou-se para o Vale do Paraíba, local em que foi comerciante (dono de mercearia) até se aposentar. Foi um fiel torcedor do Corinthians, não deixando de acompanhar um jogo sequer. Adorava pescar, sempre acompanhado de amigos. Faleceu em 29 de dezembro de 1987, deixando esposa, filhas, netos e netas e também seus amigos.

Projeto adiado

Em seguida, o plenário aprovou - por 10 votos - o adiamento por 30 dias do Projeto de Lei n° 147/2021, do vereador Gilson Nagrin (PP), que “Denomina a Praça localizada entre a Rua Tininga e Avenida Orlando Ferreira no Residencial Maricá, de Praça LOURIVAL MARQUES MARTINS”. O pedido do adiamento foi feito pelo próprio autor do projeto para fazer ajustes no documento.

Rua no Residencial Santa Clara

Ainda na Ordem do Dia desta 25ª sessão ordinária, os edis aprovaram - por unanimidade - o Projeto de Lei n° 158/2021, do vereador Marco Mayor (PSDB), que “Denomina de PASTOR PEDRO ADÃO a Rua 12 do Residencial Santa Clara em Pindamonhangaba”.

Biografia

O Pastor Pedro Adão Martins era filho de Victorina Maria Ferreira e Pedro Martins Ferreira. Nasceu em Santos Dumont, Minas Gerais, no dia 24 de novembro de 1954. Convertido em 1995, seguindo o batismo, consagrado a presbítero em 1997 e pastor em 1998. Foi um exemplo humano, um homem cujo maior objetivo era fazer a vontade soberana de Deus, imitando os passos de Jesus. Pedro Adão se consagrava, ajudava e amava o próximo como a si mesmo, independente de sua história, pois sabia que a graça e a misericórdia do Criador é para todos. Dedicou grande parte do seu tempo ao Ministério de Capelania, atendendo aos presidiários, ensinando e ajudando a praticar os conselhos do Pai. Pedro Adão foi membro da igreja Assembleia de Deus — Ministério Belém, no IRT, Potim, Piquete, Tremembé e Presídio Dr. Edgar Magalhães Noronha, conhecido como Pemano.

Sua família, esposa Márcia e os filhos Alberto, Aline e Aíssa a quem os amou eternamente foram sua base e sua alegria. Os netos Gabriele, André Eduardo, Ana Carolina e João Pedro foram seu orgulho. Pedro Adão foi amigo de muitos e sempre esteve pronto a servir. Enfrentou bravamente um câncer, mas em nenhum momento se mostrou desanimado e surpreendia a muitos com sua fé e perseverança. Pedro Adão faleceu no dia 25 de junho de 2019 e um versículo bíblico descreve sua trajetória: " Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé. - II Timóteo 4:7".


Cidadão Pindamonhangabense

Fechando a pauta de votação da sessão ordinária, os vereadores aprovaram - por unanimidade - o Projeto de Decreto Legislativo n° 03/2021, do vereador José Carlos Gomes – Cal (Republicanos), que “Concede o Título de Cidadão Pindamonhangabense”. O título será concedido ao Dr. Marcos Aurélio Villardi, pelos relevantes serviços prestados ao Município de Pindamonhangaba.

Biografia

Dr. Marcos Aurélio Villardi é nascido no Rio de Janeiro, em 03 de março de 1951. Estudou o primário na Escola Mario Augusto Teixeira de Freitas, o Fundamental e o ensino Médio no Colégio Pedro I no Rio de Janeiro. Cursou a Faculdade de Medicina na Fundação Universitária Sul Fluminense na cidade de Vassouras/RJ de 1970 a 1975. Fez residência no Hospital Maternidade Carmela Dutra — INPS no Rio de Janeiro entre 1975 e 1976, onde se aprimorou na especialidade de Ginecologista Obstetra. Veio para Pindamonhangaba a convite do Dr. Ajuricaba Teixeira Brazão em janeiro de 1978, como médico plantonista do Pronto Socorro e Maternidade da Santa Casa de Misericórdia e ingressou na Unimed de Pindamonhangaba. Fez Cursos de Pós-Graduação em Medicina do Trabalho na Universidade Gama Filho no Rio de Janeiro, na FAAP em Gestão Empresarial Avançada e em Auditoria em Saúde, na Universidade Gama Filho/RJ. Na Unimed exerceu os cargos de Primeiro Tesoureiro, Superintendente e Presidente entre março de 1986 e março de 1992,

e março de 2000 a março de 2006. Foi membro do Conselho Fiscal da Federação das Unimeds do Estado de São Paulo e membro do Conselho de Administração da FESP de 2007 à 2012. Na Santa Casa de Misericórdia foi por muitas vezes Chefe da Maternidade e do Pronto Socorro e de onde foi também Diretor Clinico por três mandatos. Atuou como Diretor do Departamento de Saúde da Prefeitura de Pindamonhangaba de 1991 a 1993, ocasião que se implantou o Pronto Socorro e Primeira Unidade de Saúde no Araretama e na Cidade Nova em Pindamonhangaba. Médico concursado como Ginecologia e Obstetra desde 1997, e como médico do Trabalho desde 2007. Eleito vereador à Câmara Municipal de Pindamonhangaba em 2008 e reeleito em 2012 onde prestou serviços em prol da Nossa Cidade. Lutou pelo Pronto Socorro Infantil, SAMU, pelas UPAs, pela Unidade Básica de Saúde do Vila Rica e pelo Centro de Idosos. Em nossa cidade já realizou mais de 10.000 partos.

Recesso oficial

A Câmara de Vereadores de Pindamonhangaba estará em recesso parlamentar oficial a partir do dia 16 de julho devendo encerrar o período no dia 31 de julho. A retomada de todos os trabalhos legislativos na Casa Legislativa ocorrerá a partir do dia 02 de agosto, sendo que nesta data também será realizada no Plenário “Dr. Francisco Romano de Oliveira” a primeira reunião ordinária do segundo semestre de 2021, a 26ª sessão ordinária.

Mesmo com o período de recesso parlamentar, as atividades administrativas internas dos diversos setores (Administração, Legislativo, Jurídico, Finanças, Recursos Humanos, Comunicação e Tecnologia da Informação) da Câmara permanecem inalteradas, sendo vedado, ainda, o atendimento presencial. A Câmara de Pindamonhangaba está localizada na rua Alcides Ramos Nogueira, 860 – Loteamento Mombaça. Para outras informações, o telefone é (12) 3644-2250 ou através do nosso portal: www.pindamonhangaba.sp.leg.br .