Parlamentares de Pindamonhangaba enaltecem trabalho de Sylvio Cezar e aprovam Projeto com denominação de via no Loteamento Santa Clara

por Robson Luis Monteiro publicado 17/08/2021 09h59, última modificação 17/08/2021 09h59
Durante a Ordem do Dia, vereadores rejeitaram Vetos do Executivo relacionados a isenção e remissão de débitos tributários de contribuintes do município
Parlamentares de Pindamonhangaba enaltecem trabalho de Sylvio Cezar e aprovam Projeto com  denominação de via no Loteamento Santa Clara

Vetos do Executivo foram rejeitados pelo plenário da Câmara de Pindamonhangaba

Os parlamentares da Câmara de Pindamonhangaba estiveram reunidos mais uma vez nesta segunda-feira, dia 16 de agosto, para a realização da 28ª sessão ordinária, cuja Ordem do Dia contou com 4 projetos, sendo dos 2 Vetos do Executivo e dois Projetos de Lei de denominação de vias pública da cidade. A reunião aconteceu no plenário do Palácio Legislativo “Dr. Geraldo José Rodrigues Alckmin” e contou com a presença de todos os vereadores.

Vetos rejeitados

Os dois primeiros itens da pauta da Ordem do Dia foram os Vetos propostos pelo Poder Executivo. O primeiro foi o Veto n° 07/2021, do Poder Executivo, que “Comunica Veto ao Autógrafo n° 47/2021 que Acrescenta o inciso VII e o § 6º ao artigo 8°, da Lei n° 4.372, de 22 de dezembro de 2005, que dispõe sobre a Isenção de Débitos Tributários e dá outras providências (Substitutivo ao Projeto de Lei n° 115/2021 de autoria do vereador Carlos Moura – Magrão - PP)” e o segundo, o Veto n° 08/201, do Poder Executivo, que “Comunica Veto ao Autógrafo n° 48/2021 que acrescenta o inciso VIII ao artigo 2°; o parágrafo único do art. 2° passa a § 1°; e acrescenta o § 2° ao artigo 2°, na Lei n° 4.373, de 22 de dezembro de 2005, que dispõe sobre a remissão de débitos tributários mediante critério de pontuação (Projeto de Lei n° 116/2021, de autoria do vereador Carlos Moura – Magrão)”. Ambos foram rejeitados pelos vereadores por unanimidade.

Na mensagem ao Poder Legislativo para explicar as razões dos vetos, a Prefeitura esclareceu que a proposta de vetar os autógrafos em tela estão nos termos do artigo 46 da Lei Orgânica do Município que diz que "se o Prefeito julgar o projeto, no todo ou em parte, inconstitucional ou contrário ao interesse público, veta-lo-á total ou parcialmente, no prazo de 15 (quinze) dias úteis contados da data do recebimento e comunicará, dentro de 48 (quarenta e oito) horas, ao Presidente da Câmara de Vereadores os motivos do veto". Uma delas, enfatizada pelo Poder Executivo, foi que o município não pode ter renúncia de receitas. Mas isso não convenceu os vereadores e os Vetos acabaram rejeitados pelo plenário.

Homenagem a Sylvio Cezar no Loteamento Santa Clara

Na sequência dos trabalhos legislativos, o plenário discutiu e aprovou - por unanimidade - o Projeto de Lei n° 183/2021, do vereador Renato Nogueira Guimarães – Renato Cebola (PV), que “Denomina de Rua SYLVIO CEZAR a Rua 14 do Loteamento Santa Clara, localizado no bairro do Crispim".


Biografia

Sylvio Cezar nasceu em 02 de setembro de 1937 na cidade de Sapucaí Mirim e veio ainda muito pequeno para Pindamonhangaba, onde cresceu e viveu toda a sua vida. Filho de Joaquim Teófilo da Silva e Benedita Moreira Cezar, sendo seu avô paterno o senhor Olegário de Almeida Cezar, irmão do famoso Coronel Moreira Cesar, seu tio avô.

Viveu parte da sua infância na Fazenda Sapucaia que vivia anos de grande produtividade e relevância no cenário do Vale do Paraíba. Ainda adolescente veio para o centro de Pindamonhangaba e trabalhou em várias lanchonetes, doceria (Vitor Galo), Bares (Bar do Artur), entre outros. Nestes estabelecimentos teve a oportunidade de conhecer pessoas famosas como Mazzaropi, Presidente Juscelino Kubitschek, etc. Em 1956 casou-se com a senhora Maria Eliza de Godoy Cezar com quem teve 3 filhos: Eduardo, Edson (falecido em 2012) e Elizabeth; seis netos e cinco bisnetos.

Em 1961 assumiu a Cantina do então Instituto de Educação "João Gomes de Araújo", hoje ETEC, ficando por 58 anos à frente do estabelecimento, até o ano de 2019. Viu nestes anos várias gerações passando e tomando seus lugares na sociedade nas mais variadas profissões. Fez parte da vida destes alunos, dos funcionários e dos professores sempre com amizade e carinho.

Faleceu em 23 de abril de 2021 após uma longa luta contra uma fibrose pulmonar idiopática. Mesmo nos tempos de maior dificuldade não deixou de manter o bom humor, bem conhecido por todos que tiveram a oportunidade de conhecê-lo.

Bairro Santa Clara

Fechando a tarde de votação, os vereadores apreciaram e aprovaram - por unanimidade - o Projeto de Lei n° 196/2021, do vereador Francisco Norberto Silva Rocha de Moraes - Norbertinho (PP), que “Denomina a Rua 20 no Bairro Santa Clara de BRÍGIDA PEREIRA CANINÉO”.

Biografia

Brígida Pereira Caninéo é nascida em Pindamonhangaba/SP no dia 13 de outubro de 1924. Era filha de Custódio Alves Pereira e Anna Baptista Pereira. Cresceu no bairro Boa Vista nesta cidade. Casada com Plínio Caninéo, teve 04 filhos: Benedito Marcos Caninéo, Benedita Angela Caninéo Bueno, Maria Claudete Caninéo da Silva e Plínio Caninéo Filho.

Mulher de personalidade forte foi empresária, sendo cabeleireira e teve loja de armarinhos, mas foi conhecida como proprietária da loja "Foto 5 Minutos" no Centro de Pindamonhangaba, rua Gustavo de Godoy próximo ao Mercado Municipal. A loja funcionou até 1984, sendo a primeira loja de fotos impressas em 5 minutos, onde a maioria dos munícipes se dirigia para tirar fotos para documentos. E também retirar fotocópias de documentos. Brígida faleceu no dia 03 de julho de 1992.

29ª Sessão Ordinária

Na próxima segunda-feira, dia 23 de agosto, a partir das 14 horas, no Plenário "Dr. Francisco Romano de Oliveira", os vereadores se reúnem para a realização da sessão ordinária, a 29ª de 2021. A participação da comunidade durante as sessões ordinárias - dentro dos protocolos sanitários vigentes - está permitida. E, por determinação da Mesa Diretora, com o objetivo de dar ainda maior transparência dos atos legislativos, a sessão ordinária - que é pública e aberta - terá a transmissão “ao vivo” pelo canal 4 da Operadora NET e, também, pela internet no portal www.pindamonhangaba.sp.leg.br.