Plenário aprova Projeto de Lei e rua do Residencial Santa Clara receberá nova denominação

por Robson Luis Monteiro publicado 19/11/2019 14h11, última modificação 19/11/2019 14h11
Projeto do Programa Universitário de Pindamonhangaba - UNIPINDA foi adiado após aprovação do plenário até que Prefeitura envie documentos solicitados pelos vereadores
Plenário aprova Projeto de Lei e rua do Residencial Santa Clara receberá nova denominação

Vereadores aprovaram Projeto de Lei que denomina rua do Residencial Santa Clara e adiaram um projeto que trata de bolsas de estudo

Os vereadores de Pindamonhangaba promoveram nesta segunda-feira, dia 18 de novembro, a 41ª Sessão Ordinária de 2019. A reunião foi realizada no Plenário “Dr. Francisco Romano de Oliveira” e os parlamentares analisaram os 2 Projetos de Lei que estavam listados na Ordem do Dia, sendo que, após votação em plenário, um foi aprovado e o outro foi adiado.

Na pauta, o primeiro projeto foi o PL n° 76/2019, do vereador Renato Nogueira Guimarães – Renato Cebola (PV), que “Denomina de Rua Ignácio Rezende a Rua 15 do Loteamento Residencial Santa Clara, localizado no bairro do Crispim”. O plenário confirmou a aprovação por unanimidade.

Biografia

Filho único de Josino Rezende e Amélia Queiros Rezende, Ignácio Queiros Rezende nasceu em Pindamonhangaba em 15 de agosto de 1916.

Aos 4 anos de idade ficou órfão de mãe, sendo criado apenas pelo pai. Com 19 anos mudou-se para São Paulo onde cursou Jornalismo, sua grande vocação. Aos 21 anos, torna-se também órfão de pai, fazendo com que retornasse pra Pindamonhangaba para assumir os negócios da família. Ao longo de sua vida foi tomando gosto pela política, tendo sido vereador nas gestões (1952 - 1955), (1956 - 1959) e (1960 - 1963).

Trabalhou na Prefeitura até se aposentar, ocupando diversos cargos, como Secretário de Obras, Chefe de Gabinete, entre outros, sempre atuando em prol do crescimento da cidade e em defesa da população.

Casou-se com Maria Aparecida Ramos Mello Rezende, que era filha do militar e advogado Gustavo Adolpho Ramos Mello e de Ondina Ribeiro Ramos Mello. Ignácio teve dois filhos: Josino Fernando Mello Rezende e Cláudia Marcia Mello Rezende; sete netas: Julieta, Flávia, Fernanda, Denise, Vânia, Silvia e Aline e doze bisnetos: Pietra, Maria Rita, Fábio, Helena, Lola, Rosa, Miguel, Dan, Maria Guayi, Serena Mahara, Betânia e Daniel Fernando.

Durante sua vida nunca abandonou o Jornalismo. Escrevia em jornais locais e nos últimos anos uma coluna que intitulava 'Para o Prefeito Ler na Cama". Os que o conheceram, puderam sentir a sua inteligência, sua sagacidade, sua capacidade de agregar amigos. Foi um homem Impar. Deixou um legado do amor que tinha pela vida, da sua alegria, do bom humor e de sua inteligência peculiar, Será para sempre lembrado por todos, pois sempre mostrou vontade de viver e o quanto a vida pode ser vivida com alegria.

    

Adiamento

Já o segundo item da Ordem do Dia, o Projeto de Lei n° 181/2019, do Poder Executivo, que “Reestrutura e moderniza o programa de concessão de bolsas universitárias, criando o Programa Universitário de Pindamonhangaba – UNIPINDA recebeu as Emendas nºs 12 e 13/2019 e no momento da votação, o vereador Carlos Moura – Magrão (PR) solicitou o adiamento – que foi aprovado pelo plenário – até que a Prefeitura encaminhe novos documentos à Câmara de Pindamonhangaba informando a quantidade das bolsas de estudo que serão oferecidas pelo Programa.

42ª Sessão Ordinária

E na próxima segunda-feira, dia 25 de novembro, a partir das 18 horas, os vereadores do Pindamonhangaba voltam a ser reunir para a realização da 42ª sessão ordinária. A reunião é pública e aberta a toda comunidade pindamonhangabense e acontece no Plenário “Dr. Francisco Romano de Oliveira”, contando com transmissão “ao vivo” pelo canal 4 da Operadora NET e, também, pela internet no portal www.pindamonhangaba.sp.leg.br. O Palácio Legislativo “Geraldo José Rodrigues Alckmin” está localizado na rua Alcides Ramos Nogueira, 860 – Mombaça.