Vereadores aprovam Projeto de Lei e ESF do bairro Santa Cecília recebe o nome de “Antonio Vidal Filho”

por Robson Luis Monteiro publicado 10/03/2020 14h43, última modificação 10/03/2020 14h43
Projeto de Lei é de autoria do vereador Roderley Miotto Rodrigues (PSDB) e foi confirmado pelo plenário por unanimidade
Vereadores aprovam Projeto de Lei e ESF do bairro Santa Cecília recebe o nome de “Antonio Vidal Filho”

Familiares do homenageado, Antonio Vidal Filho, e os vereadores no plenário da Casa Legislativa

A sessão ordinária da segunda-feira, dia 09 de março, realizada no Plenário “Dr. Francisco Romano de Oliveira” também teve aprovado um Projeto de Lei de denominação de prédio público em Pindamonhangaba.

Por unanimidade de votos, os vereadores confirmaram a aprovação do Substitutivo ao Projeto de Lei n° 204/2019, do vereador Roderley Miotto (PSDB), que “Denomina a Estratégia Saúde da Família – ESF do Santa Cecília de ANTONIO VIDAL FILHO”.

Biografia

Filho de Antonio Vidal e Anna Rita Apparecida, ANTONIO VIDAL FILHO nasceu em São José do Barreiro/SP, no ano de 1935, cidade onde seus pais possuíam um pequeno sítio em que trabalhavam com agricultura. Ao final de sua infância mudou-se para Pindamonhangaba, acompanhando a família. De pouco estudo, tendo apenas concluído o ensino primário, começou a trabalhar logo na adolescência.

Aos 18 anos de idade, empregou-se no Instituto Agronômico desta cidade. Contudo, no ano seguinte, foi trabalhar na capital, São Paulo, e após um ano retornou à Pindamonhangaba. Tão logo retornou, passou a trabalhar no Horto Florestal de Pindamonhangaba, local onde atuou até a aposentadoria, no final da década de 80.

Na segunda metade da década de 50, casou-se com a Senhora Benedicta Claudino Vidal. O primeiro de seus seis filhos, nasceu em novembro 1959.

Após seu casamento negociou um terreno onde hoje fica o bairro Santa Cecília, sendo um dos primeiros moradores do local. Nos anos 60, enquanto a família crescia, viu seu pai falecer em decorrência de câncer. E, já no final da década de 70, perdeu a mãe, vítima de um acidente ocorrido enquanto embarcava em um ônibus.

Nos anos que se seguiram, continuou trabalhando e dando o sustento necessário para a família, mas dessa vez um “fantasma” o acompanhava: o alcoolismo. O vício por anos atrapalhou a sua vida, entretanto, no final da década de 80, um encontro com um desconhecido mudou sua vida. Um senhor aproximou-se enquanto o Senhor Antonio aguardava seu filho sair de um supermercado, em São José dos Campos, e por instantes conversaram. Após aquele dia ele nunca mais consumiu qualquer tipo de bebida alcoólica. Acreditava que aquele senhor, desconhecido e sem nenhum interesse, fosse um enviado de Deus, que ali estava para mudar a sua vida, como de fato mudou.

Pessoa honesta, integra e de bom coração, “Seu Vidal” era dizimista da Igreja Católica, sócio colaborador da Rádio Aparecida e do Clube dos Sócios da Basílica Nacional de Aparecida.

ANTONIO VIDAL FILHO faleceu em 18 de abril de 2015.